O QUE FAZER QUANDO DEUS DIZ NÃO?

image

' Eles responderam: Permite que, na tua glória, nos assentemos um à tua direita e o outro à tua esquerda. Disse-lhes Jesus: Vocês não sabem o que estão pedindo. Podem vocês beber o cálice que eu estou bebendo ou ser batizados com o batismo com que estou sendo batizado? Podemos, responderam eles. Jesus lhes disse: Vocês beberão o cálice que estou bebendo e serão batizados com o batismo com que estou sendo batizado; mas o assentar-se à minha direita ou à minha esquerda não cabe a mim conceder. Esses lugares pertencem àqueles para quem foram preparados. '

( Marcos 10:37-40 )

O que Jesus respondeu ao pedido de Tiago e João Ele poderia dizer para tantos pedidos nossos. "Vocês não sabem o que estão pedindo".

Realmente não sabemos. Tantos de nós podemos dar graças a Deus porque ele não nos permitiu casar com aquele(a) ex-namorado(a) ou conquistar aquele emprego que tanto sonhamos. Quantos pedidos para ganhar a loteria, Deus na Sua misericórdia, não atendeu porque sabia que aquele dinheiro e tudo que viria junto, ia nos destruir.

E quanto caráter não foi destilado no forno do sofrimento e privação? O cálice que o Senhor lhe deu é amargo? Se foi Ele que lhe deu, então beba até o fim e um dia você o levantará numa saudação de agradecimento no Reino dos Céus.

Não era para Tiago e João subirem para lugares privilegiados ao lado de um trono na terra. Se a história está certa, seu destino aqui era de descer até as profundezas do martírio. Não era o que eles esperavam. Não foi o que pediram. Mas, era o que Deus havia reservado. Agora, eles estão diante do trono de Deus. O caminho foi longo para chegarem lá.

Nem sempre entendemos a nossa jornada. Ao abraçarmos a fé em Jesus e abandonarmos o mundo, imaginamos que as coisas vão melhorar em nossa vida. Acreditamos que vamos conseguir um emprego melhor ou uma promoção. Que situações não resolvidas no passado, num estalar de dedos, todas as soluções virão. Mas a verdade muitas vezes é bem diferente. Na maioria dos casos, tudo piora. Não entendemos isso. Mas continuamos, esperando respostas de Deus. Nem sempre elas chegam.

Mas há algo de maravilhoso, no decorrer da jornada (pelo menos para quem não desistiu pelo caminho): o discernimento vem. Uma hora ele chega. Olhamos para trás e começamos a compreender o 'por quê' das coisas. Aí sim, vem um choro de alegria. Aí sim, vem um sorriso de alívio e de satisfação. Aí sim, vem palavras de gratidão pelo que Deus nos fez ou deixou de fazer.

Meu irmão e minha irmã, que neste dia de hoje, possamos entender as razões de nossa jornada cristã. Que possamos entender os motivos das respostas negativas de Deus para tantas orações que fizemos, e acima de tudo, que tenhamos um coração grato, porque tudo o que Deus faz por nós ou deixa de fazer, é para o nosso bem. Amem?

Tenha um dia abençoado e até a próxima.

 

 

 

Devanir Caetano da Silva

Pastor da Igreja Restauração em Cristo

Quer receber nossas meditações diariamente pelo WhatsApp? Cadastre-se aqui!