ENTRAREI NA PRESENÇA DO SENHOR COM AÇÕES DE GRAÇAS

image

' Entrai por suas portas com ações de graças e nos seus átrios, com hinos de louvor; rendei-lhe graças e bendizei-lhe o Nome. '

( Salmos 100:4 )

O rei Davi como poeta e músico, foi um dos que mais contribuiu para que os encontros solenes no templo (culto) fossem cheios de alegria, louvor e adoração a Deus.

Até então, parece que estes encontros eram de fato solenes. Os levitas músicos tocavam e cantavam os louvores. O povo participava cantando (em algumas festas), mas de uma forma contemplativa.

Davi que tinha uma alma livre, aos poucos vai introduzindo uma forma de culto mais livre também. A adoração não deveria ser apenas pela entrega da oferta, do sacrifício para o holocausto. Deveria ser com cânticos, hinos de louvor, muitas ações de graças (gratidão) e tudo recheado com um ingrediente muito especial: Alegria.

Na cabeça de Davi, esta mistura toda deveria fazer com que cada um que ali estivesse diante do SENHOR, lhe manifestasse tamanha gratidão, tanta alegria pelas respostas, bênçãos e livramentos, com o: BENDIZEI-LHE O NOME.

Em outro versículo somos desafiados a conclamar: O SENHOR É BOM E A SUA MISERICÓRDIA DURA PARA SEMPRE (mas disto vamos falar amanhã). A questão é que devemos bendizer ao SENHOR: ELE NOS DÁ TODOS OS MOTIVOS PARA ISSO.

Os nossos cultos coletivos devem ser repletos destas ações e comportamentos daqueles que estão adentrando à presença do SENHOR. Podemos fazê-lo no nosso culto particular, mas sem dúvida alguma, devemos fazê-lo também nos encontros com os demais irmãos. Assim a alegria vai ser muito maior.

Meu irmão e minha irmã, Deus, o nosso SENHOR, é merecedor de nosso culto em espírito e em verdade, com toda a nossa alegria e gratidão. Amém?

Tenha um dia abençoado e até a próxima.

 

 

 

Devanir Caetano da Silva

Pastor da Igreja Restauração em Cristo

Quer receber nossas meditações diariamente pelo WhatsApp? Cadastre-se aqui!