TEMOS FOME DE DEUS?

image

' Com minha alma te desejei de noite, e com o meu espírito, que está dentro de mim, madrugarei a buscar-te; porque, havendo os teus juízos na terra, os moradores do mundo aprendem justiça. '

( Isaías 26:9 )

Quando um jovem casal apaixonado fica separado, eles anseiam para estarem juntos de novo. Quando um pai ou mãe fica separado do seu filho, a saudade é intensa. Quando uma pessoa não pode mais permanecer com o cônjuge de muitos anos, devido à doença, morte ou divórcio, a alma daquela pessoa geme para estar junto daquela que tanto ama.

Você reconhece seu espírito doendo para estar com Deus? Você termina cada dia e recomeça outro ansiando por estar na presença de Deus?

Outro dia me deparei com a seguinte pergunta: Se nós não desejamos estar com Deus aqui na Terra, como vamos viver com Ele no céu?

Esta é uma pergunta interessante. Muitas pessoas que fazem parte desta ou daquela denominação, vai nos encontros de sua igreja esporadicamente. Não tem tanto desejo de estar com os demais irmãos, ou de participar da maioria dos encontros, e por fim, não tem no seu particular, uma vida devocional. Resumindo: Sua comunhão com Deus é pouca ou quase nula.

Eu até entendo que existem alguns grupos que tem uma liturgia sem graça, se comparada com a liturgia de algum outro grupo. Mas estamos falando de algo que é superior ao que ocorre nestes encontros, por exemplo, se tem 3 louvores para começar, se tem testemunhos, se tem uma, duas ou mais pregações, dentre tantos outros itens que forma a liturgia de cada grupo.

O autor do texto acima diz que de noite deseja a presença de Deus e se não conseguir sentir Sua presença, ela irá buscar durante a madrugada. Mas que quer Deus, isso quer.

Além da satisfação pessoal que esta presença de Deus causa na vida de quem O busca, existe uma outra questão deveras interessante: A presença de Deus implica na presença de Seus juízos, e os juízos de Deus traz justiça aos moradores da Terra. Que coisa linda.

Meu irmão e minha irmã, diante disso, devemos reconhecer se temos ou não fome de Deus. E se temos esta fome de Deus, devemos não apenas passar o tempo com Ele, mas também comunicar nosso desejo, afeição e necessidade pela presença de nosso Pai celestial. Amém?

Tenha um dia abençoado e até a próxima.

 

 

 

Devanir Caetano da Silva

Pastor da Igreja Restauração em Cristo

Quer receber nossas meditações diariamente pelo WhatsApp? Cadastre-se aqui!