DEUS É FIEL. E NÓS?

image

' Por causa do seu grande Nome, o Senhor não os rejeitará, pois o Senhor teve prazer em torná-los seu próprio povo. '

( I Samuel 12:22 )

Dias atrás, falamos sobre o momento que Israel pediu um rei, rejeitando os longos anos de Samuel como juiz sobre o povo e rejeitando também a Jeová como seu Rei. Tudo por quê? Porque queriam ser iguais às outras nações.

Hoje falaremos um pouco mais sobre este episódio.

Samuel fez o que o povo quis e depois de ungir Saul como rei de Israel, abriu seu coração e lembrou de como Deus havia escolhido Abraão e sua descendência para ser um povo especial entre as nações. Lembrou dos diversos pecados que cometeram no decorrer dos anos. Mas Deus sempre se compadeceu deles e os livrou de todo mal. Geração após geração o povo se esquecia da misericórdia de Deus e cometia mais pecados. Mas quando vinha o aperto ou as consequências dos pecados cometidos, corriam aos pés de Deus e pediam socorro. E Deus? Os ouvia e os livrava do mal.

Samuel mostrou a eles que a decisão de querer um rei e ser semelhante às demais nações era mais um pecado: O pecado de rejeição a Deus. Parece que conseguiram compreender a gravidade de seu erro. Pediram a Samuel que orasse por eles, pedindo perdão a Deus por mais este pecado.

Samuel os conforta e mostra o caráter de Deus: O grande e Santo Deus não será infiel. De fato, Ele agirá para mostrar seu caráter e honrar seu Santo Nome, mesmo quando seu povo não merece Sua graça.

Fico pensando que nós, hoje, a igreja, vez por outra, fazemos a mesma coisa. Queremos seguir nosso próprio caminho. Dizemos fazer a 'obra de Deus' mas o fazemos segundo nosso modo de pensar e de enxergar a vida. Quase nunca perguntamos a Deus se é isto ou aquilo que Ele quer. Simplesmente saímos fazendo.

Mesmo assim, Deus continua a nos amar e preservar, do mesmo modo que fez aos israelitas no passado. Sobrevivemos somente por Sua graça, amor e fidelidade.

Gostaria que a igreja de hoje repensasse seu papel. Que por um instante, deixasse de lado aquilo que aprendeu como 'tradição denominacional' e se voltasse a uma leitura e releitura das Escrituras Sagradas, da Bíblia, que é a Palavra de Deus.

Acredito de coração, que se fizermos isso, vamos mudar a nossa 'forma de ser igreja' e nossa 'forma de ver o mundo'.

Devemos nos voltar para Deus, com muita humildade, reconhecer que pecamos e reconhecer que o elogiamos de lábios mas o rejeitamos nas atitudes.

Meu irmão e minha irmã: Reflita sobre isso. Se concordar comigo ou se pelo menos ficar com alguma dúvida, me procure. Vamos conversar mais sobre isso. Ok?

Espero teu retorno.

Tenha um dia abençoado e até a próxima.

 

.

 

 

 

Devanir Caetano da Silva

Pastor da Igreja Restauração em Cristo

Quer receber nossas meditações diariamente pelo Whatsaap? Cadastre-se aqui!