COMO CRIANÇAS

image

' Jesus, porém disse: Deixai os meninos, e não os estorveis de vir a mim; porque dos tais é o Reino dos Céus. '

( Mateus 19: 14 )

No final do culto de domingo, uma menina de mais ou menos uns oito anos conversava comigo sobre diversos assuntos, entre eles fez-me um pedido: Que eu pudesse guardar sua Bíblia, pois não gostaria de levar para sua casa, já que lá não conseguia mantê-la protegida. Pediu-me que levasse para minha casa e trouxesse em dias de culto, onde nos encontraríamos e ela poderia usar sua Bíblia. Compartilhou também que quando conseguia encontrar os textos pedidos, os mesmos já haviam sido lidos.

Concordei com ela, mas pensei é mais fácil deixar aqui na igreja, afinal não correrá o risco de que eu esqueça em casa e certamente estará bem guardada. Existem muitos adolescentes e jovens e até alguns adultos que deixam suas bíblias na igreja, pois assim não correm o risco de esquecerem em casa, afinal será usada mesmo só na igreja. Nenhum destes pensa na Bíblia como espada, um instrumento de defesa e ataque contra as hostes da maldade que estão sempre prontas a nos atacar e por isto deveria estar sempre com a Bíblia à mão.

Mas ao refletir melhor sobre o pedido de minha amiguinha, pude perceber que ela estava me pedindo para ser a guardiã de seu bem mais precioso, que em sua casa não se via capaz de protegê-lo, então recorreu àquela que afinal se dispunha de um título de autoridade que na cabecinha de minha pequena amiga era o supra-sumo do poder. Como poderia eu deixar aquela Bíblia em especial em meio às outras que estavam ali por comodidade de seus donos? Senti-me muito mal por demorar tanto para entender que estava sendo depositada em mim, uma confiança que talvez não merecesse, pois pensei em deixar aquele tesouro imensurável em um canto qualquer. Fiquei envergonhada de minha atitude.

Refletindo sobre o texto de Mateus 19:14 senti-me como os discípulos, tão preocupados em cuidar do bem estar do mestre, e acabaram por ser um empecilho para que alguém chegasse até Jesus e recebesse a bênção. Acredito que ninguém que reconhece em Jesus o único e suficiente salvador queira ocupar a posição de impedimento para bênção de outro.

Em Mateus 18:3 Jesus está dizendo que "se não vos fizerdes como meninos de modo nenhum entrareis no Reino dos Céus". Pensando um pouco mais sobre isto, entendi que é preciso seguir o exemplo de minha amiguinha, acreditar que os pastores estão aqui para cuidar de nós e o farão, e que como servos do Senhor devemos ser simples e ter uma escuta atenta para compreender o que realmente as pessoas estão compartilhando conosco.

Nem preciso dizer que levei a Bíblia para casa e enquanto esteve aos meus cuidados, toda vez que a via lembrava-me de o quanto deveria cuidar daquela ovelhinha que fazia parte do meu rebanho e que não podia perdê-la de vista, nunca me esquecendo de cobri-la de oração.

Como pastores e pastoras somos envolvidos com muitas responsabilidades e afazeres. Muitas vezes estamos numa rotina frenética, que mal temos tempo para cuidar de nós mesmos.

Fica aqui um alerta para nós "pastores", de nunca esquecermos que o nosso compromisso principal é em prover cuidados para as ovelhas e conduzi-las aos pastos verdejantes. Amém ?

 

 

 

Conceição Fernandes de Oliveira da Silva

Pastora da Igreja Restauração em Cristo

Quer receber nossas meditações diariamente pelo WhatsApp? Cadastre-se aqui!