NÃO ESTOU SÓ

image

'SENHOR, ouve a minha oração, e chegue a ti o meu clamor. Não escondas de mim o teu rosto no dia da minha angústia, inclina para mim os teus ouvidos; no dia em que eu clamar, ouve-me depressa.'

( Salmos 102:1,2 )

Há momentos em nossas vidas que parecem que estamos sozinhos, por mais que muitas pessoas estejam a nos rodear. São fases escuras que enfrentamos que deslizamos por entre as pessoas sem percebê-las, como se estivéssemos anestesiados pela dor, pelo sofrimento, que ninguém vê, mas que insiste em nos sufocar. Ficamos como zumbis no meio da multidão.

No salmo 102 o salmista estava vivendo um momento assim, sem esperança, sentindo a vida escoar, como disse no versículo 3: 'os meus dias se consomem como fumo e os meus ossos ardem como lenha'. No versículo 4 ele diz: 'o meu coração está ferido e seco como a erva, pelo que até me esqueço de me alimentar'.

A aflição, a dor e a solidão eram grandes. Quantas vezes nos vemos nesta situação, sem saber o que fazer e a quem recorrer. Parece nestes momentos que só a morte poderá trazer o alívio que procuramos, mas ela se recusa a chegar. Aí nos vimos obrigados a continuar sem saber o que fazer ou para onde ir.

Mas é neste momento em meio a tamanha aflição que ousamos olhar para nós mesmos e tentar mensurar o desastre que nos abateu, se apossar das fagulhas de lembranças que insistem em brilhar em meio à escuridão que estamos vivendo, mas, graças a Deus por elas, que insistentemente trouxeram as lembranças de tempos de que a alegria reinava, que para nós parecia que nunca iriam acabar e achávamos que eram direitos adquiridos que jamais nos deixariam. Mas não contávamos que a vida poderia ser tão cruel para nos tirar a alegria de viver.

Por que há momentos que a vida nos parece insípida, sem gosto, se recusando a nos mostrar sua doçura, suas cores brilhantes, a alegria contagiante, que não permite a sobrevivência da tristeza?

Dou graças a Deus que nos permite passar por momentos difíceis, mas que nunca nos abandona e sempre está pronto para nos mostrar o Seu amor, o Seu carinho e cuidado, que sempre nos fortalece em meio às aflições e nos faz levantar para retomar o direito de viver o melhor desta terra, porque é o SENHOR que nos diz em II Coríntios 4: 8 e 9: 'Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados; perseguidos, mas não desamparados; abatidos mas não destruídos'.

É Ele que nos lembra que são as dificuldades que nos fortalece, que nos torna sagaz, astuto, de coração manso, compreensivo com a dor do outro, porque compreendemos o processo. II Coríntios 12: 9 e 10 diz: 'A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza... quando sou fraco então sou forte'.

É Ele que nos faz lembrar que quando temos a posse de algo esquecemos seu valor. Parece que só valorizamos aquilo que almejamos. É por isso que devemos almejar sempre a doce presença do Senhor.

Se você meu irmão ou minha irmã, está em meio a momentos como este, fique firme pois é Deus que está te protegendo, te guardando, te fortalecendo e logo te fará ressurgir vitorioso e fortalecido no Senhor.

Tenha um dia abençoado e até a próxima.

 

.

 

 

 

Conceição Fernandes de Oliveira da Silva

Pastora da Igreja Restauração em Cristo

Quer receber nossas meditações diariamente pelo Whatsaap? Cadastre-se aqui!