PRECISANDO DE PERDÃO

image

'TEM misericórdia de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; apaga as minhas transgressões, segundo a multidão das tuas misericórdias. Lava-me completamente da minha iniquidade, e purifica-me do meu pecado. Porque eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim. Contra ti, contra ti somente pequei, e fiz o que é mal à tua vista, para que sejas justificado quando falares, e puro quando julgares.'

( Salmos 51:1-4 )

 

Este salmo começa com um grande desabafo do autor (Davi), reconhecendo o seu estado de pecado e sua miséria interior. Pede perdão e misericórdia, porque ele sabe muito bem os pecados que cometeu, e eles estão sempre vindo diante dele, mostrando quem ele é.

Quantas pessoas, cometeram diversos erros na vida, e porque não dizer, praticou pecados dos quais se envergonha. Mesmo reconhecendo os erros e pecados, e pedindo perdão a Deus e até para as pessoas, parece que, mais cedo ou mais tarde, pessoas e até a gente mesmo, não se esquece, e qualquer coisinha é motivo suficiente para trazer à tona tudo aquilo que aconteceu há tanto tempo.

Quando estas cenas voltam em nossa mente, ou terminam fazendo parte de alguma conversa, não apenas as lembranças são ativadas, mas vem também toda a dor que foi provocada em decorrência de erros e pecados cometidos.

Parece que tem pessoas que sentem prazer em cutucar feridas. Mas devo reconhecer que muita gente não consegue se perdoar. Perdoa todo mundo, mas não consegue se perdoar. Está aí a grande razão para permitir que palavras, lembranças e 'brincadeiras' firam tanto a alma.

O autor deste salmo, sabedor destas coisas, e pelo que escreve, vivenciador destas dores, faz uma oração muito profunda, pedindo a Deus que exerça misericórdia sobre ele, APAGANDO AS TRANSGRESSÕES, segundo a grande misericórdia de Deus. Ele mesmo não se sentia forte suficiente para vencer estas crises e perdoar a si mesmo. Precisa de uma intervenção divina, apagando lá no profundo da alma, deletando toda a dor que acompanha as lembranças, para que ele, se sinta verdadeiramente livre para prosseguir a vida.

Sabe, meu irmão e minha irmã, se você tem sofrido com questões assim, por erros e pecados cometidos, que nem você e nem pessoas próximas a você esquecem, então está na hora de orar seriamente, pedindo a Deus que apague as lembranças ou a dor que acompanha estas terríveis lembranças.

Mas tem outra coisa tremendamente importante para te dizer neste momento: Não se torne o causador de dor na vida de outras pessoas. Cuidado com certas conversas que levem o teu ouvinte a se sentir ferido e magoado, e principalmente não perdoado.

Existem muitas dores de alma, mas a dor da falta de perdão, tem levado muita gente à morte. Procure em Deus sabedoria, para transformar palavras de morte em palavras de vida. Seja um propagador da vida. Amém ?

Tenha um dia abençoado e até a próxima.

 

.

 

 

 

Devanir Caetano da Silva

Pastor da Igreja Restauração em Cristo

Quer receber nossas meditações diariamente pelo Whatsaap? Cadastre-se aqui!